segunda-feira, 19 de março de 2007

Pensamento da semana

«Não me arrependo de nada do que fiz. Mais: eu sou aquilo que fiz. Embora com reservas acreditava o suficiente no que estava a fazer, e isso é o que fica».



José Afonso

2 comentários:

AntonioPacheco disse...

Espero que cada um de nós, tal como José Afonso, não se arrependa de nada do que fez, e, principalmente, acredite no que está a fazer. Só assim se construirá um mundo melhor!
Eu acredito piamente no que faço... e no mundo melhor. Não sou o prolongamento da «utopia» que falava José Afonso em «cidade sem muros nem fronteiras, gente igual por fora gente igual por dendro» mas sou a vontade, o querer, a força interior capaz de colocar nas mãos de cada um de nós a possibilidade de realização dos actos, a efectiva concretização. Trabalhemos juntos, construamos uma Escola melhor e teremos o mundo desejado. Está nas nossas mãos!

AntonioPacheco disse...

Ontém o ensaio do Coro de Pais decorreu bastante animado. Cada vez mais, e à medida que o grupo se vai conhecendo melhor, cada um de nós vai-se libertando da sua própria capa e vai dando um ar da sua graça, tornando o ensaio um bom momento de descontração, função essencial destes encontros, e de preparação para a semana de trabalho... assim o espero. O tempo passa rápido(se calhar uma hora de ensaio não são 60 minutos) joga contra nós, mas todos se têm empenhado para cumprirem com os propósitos desejados. Todos juntos somos um só e, tal como diz José Afonso, espero que nenhum de nós esteja arrependido do que fez, mais... que acredite no que está a fazer, isto é o que vale. Eu acredito... por isso vou continuar. Obrigado!